Revele a sua.

AFAR_POR_JULIANO_MENDES_DA_HORA01-copy

A nossa aura é o território mais invisível, íntimo e intenso que temos em torno de nós mesmos. A maioria dos olhos não a vê, mas ela é sentida pelo nosso inconsciente.

Isso explica a afinidade, a atração, aquela energia que nos deixa à vontade ou aquela que nos repele, como se avisasse os nossos sentidos em que terreno estamos pisando.

Revelar a própria aura é algo que não segue fórmulas. Algumas precisam de sensibilidade para serem percebidas. Outras, de tato e confiança para serem reveladas, e há aquelas que não possuem filtros: seus donos são transparentes e irradiam luz por onde passam…

Assim é a revista Aura. Composta de todas as cores, sons, histórias e lugares que correm sobre a pele e os dias de cada um.

Intimistas, produzidas ou espontâneas, as imagens falam por si só e se relacionam com os convidados que enriquecem os ensaios com palavras, através de sua sensibilidade.

 

The aura is the most invisible, intimate and intense territory we have around us. Most of us can’t see it, but it’s uncounsciously felt by everybody. Or at least, by those who pay attention to these vibrations that rule life.

This explain the affinity, the atraction, that energy that brings us close to each other, or repells us, like warning about where we’re stepping into.

To reveal our own aura is something that doesn’t follow any specific rule. Sometimes it needs sensibility to be seen, sometimes a little trust to show up, and sometimes it’s completely free and unaware of barriers, simply lightening the way where their owners walk by.

That’s what this project is about: The capture of all the colors, sounds, stories and places through their aura. It goes further than the photo itself. It doesn’t matter how someone or a place looks, the beauty lies on the countless layers of life accumulated with time.

juprofile_aura

julogo_aura

Juliano da Hora é formado pela Universidade Católica de Pernambuco (Jornalismo) e a Universidade Federal de Pernambuco (Radialismo e Televisão), com experiência em diversos projetos nos segmentos de texto, rádio, televisão e internet, além de fotojornalismo.

HISTÓRICO PROFISSIONAL

Em sua trajetória profissional, prestou assessoria para o Ministério da Cultura (RRNE/MinC) de 2011 a 2013; colaborou como repórter fotográfico para a Revista Viagem, da Editora Abril em 2012; integrou a equipe do projeto Olinda Arte em Toda Parte, pela Secretaria de Patrimônio e Cultura de Olinda (Sepac): em 2011. Atualmente é repórter e fotógrafo da revista Pronews.

linha_separadora

Juliano da Hora is a freelancer journalist and photographer based in Olinda, Brazil, graduated in Audiovisual Media and Journalism by Universidade Federal de Pernambuco and Universidade Católica de Pernambuco, respectively.

PROFESSIONAL FACTS

Juliano has worked as a press officer for the Brazilian Ministry of Culture (2011-2013), as a photographic reporter for Viagem & Turismo Magazine (2012) and collaborated with the Annual Olinda Arte em Toda Parte Festival (2011 edition).

He currently collaborates writing and shooting for Pronews Magazine in Recife, Brazil, among other personal projects.